Inspiração

Ruy Ohtake, design para inspirar

“Uni a emoção ao imprevisível, a inspiração nas formas da natureza com a geometria”.

A Roca Brasil lança, com exclusividade, uma coleção de cubas assinadas pelo conceituado arquiteto brasileiro Ruy Ohtake, inspirada nas formas da natureza. Esta é a primeira coleção de produtos da Roca criada por um profissional brasileiro e também a primeira de Ruy Ohtake para uma empresa do segmento. São quatro modelos de cubas, sendo três delas de apoio e uma de sobrepor, em cinco cores, no acabamento tradicional brilhante e no acabamento matte, um fosco com toque aveludado. Produzidas em Fineceramic ®, tecnologia exclusiva da Roca, possui bordas ultrafinas, de apenas 3mm de espessura.

Ruy Ohtake busca inspiração nas formas orgânicas, nas curvas das ondas, na linha sempre mutável do horizonte e na forma mais pura de design, o ovo.

SOBRE RUY OHTAKE

Ruy Ohtake é um dos arquitetos brasileiros mais conhecidos e respeitados no Brasil e no exterior, além de ser ganhador de mais de 20 prêmios de importância internacional. Formado em arquitetura em 1960, pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP), Ohtake tornou-se conhecido pela arquitetura de linhas orgânicas, que destaca curvas acentuadas e formas criativas.

É autor de mais de 300 projetos, no Brasil e no exterior, entre os quais o Parque Ecológico do Tietê, em São Paulo; a embaixada brasileira em Tóquio; os jardins e o museu aberto da Organização dos Estados Americanos, nos Estados Unidos; os hotéis Renaissance e Unique, ambos em São Paulo; o aquário do Pantanal, em Campo Grande (MS), entre outros.

A seguir, confira a entrevista de Ruy Ohtake sobre o processo de criação da coleção de cubas Ruy Ohtake by Roca:

POR QUE USAR FORMAS ORGÂNICAS DA NATUREZA?

Gosto muito do elemento curvo, pois é mais difícil do que a reta.  O olhar para uma curva é imprevisível, podemos ter várias percepções. Todos os projetos que eu procuro fazer, seja o desenho da cuba, seja o desenho de uma cadeira, seja o desenho de arquitetura (o hotel Unique e o complexo Tomie Otake por exemplo), considero como desafio dialogar entre a geometria e a natureza.

QUAL A IMPORTÂNCIA DA CUBA NO BANHEIRO?

De manhã, você vai ao banheiro, lava as mãos, lava o rosto, escova os dentes. Você começa o dia pensando no que fez ontem ou no que vai fazer hoje. Esses minutos são muito bonitos e importantes. E, no final do dia, o ritual se repete, quando você vai dormir, escovar os dentes, mais uma vez a cuba é protagonista. Por isso, a cuba do banheiro tem que ser agradável, bonita, funcional e diferente.

COMO VOCÊ VÊ A RELAÇÃO FORMA VERSUS FUNÇÃO?

A cuba serve para recolher a água. A relação da água com a borda da cuba é bonita e muito importante, e a borda que eu projetei é ondulada. Conforme vai enchendo de água, o contorno da borda fica mais evidente, o que sobra de espaço é a ondulação. Esse desenho é igual ao horizonte do mar. Lembra o movimento da água, do mar, dos elementos da natureza…Decidi unir a emoção ao imprevisível.

QUAL O DESAFIO AO DESENHAR UMA CUBA?

Aceitei de forma muito prazerosa esse desafio… o desafio não está só nas grandes obras, mas em qualquer projeto que requer sensibilidade, cor, e tecnologia.  Trabalho sem desafio não tem graça. Quanto mais complexo o desafio, mais a resposta a ele tem que ser inteligente e bonita.

QUAL FOI O PONTO DE PARTIDA PARA CRIAR ESTA COLEÇÃO?

Eu parti da ideia de um ovo, por ser um elemento da natureza de qualidade excepcional. A rigidez e a dureza da casca, mesmo fina, é uma coisa impressionante. Aí eu pensei: vou colocar esse desafio também para a Roca, fazer uma cuba o mais fina possível com a tecnologia Fineceramic®, mas colocada de uma forma muito diferenciada no desenho curvo. Foi um casamento perfeito, entre a tecnologia e a forma.

O QUE DESCOBRIU E O QUE MAIS O ENCANTOU NO PROCESSO?

Alguns fatos eu levei muito em conta, por exemplo como a água se molda à forma da cuba. A água fica dentro da cuba de apoio, no nível plano. Eu fiz um lavatório ondulado para que ele faça um contraste com a superfície plana da água. Facilitou muito a tecnologia Fineceramic® da Roca, uma porcelana cerâmica de apenas 3mm de espessura. O avanço da tecnologia com a ambição da forma é um ganho muito grande para quem tiver este lavatório.

QUAIS FORAM SEUS PARÂMETROS PARA A ESCOLHA DE CORES?

São cores que estão muito próximas do dia a dia do usuário. Por isso procurei usar cores bonitas, mas que também convivessem bem com a casa das pessoas.

COMO SE SENTIU, AO SER CONVIDADO PARA DESENHAR UMA CUBA PARA A ROCA?

Eu fiquei muito orgulhoso porque nós, arquitetos e designers, temos condições de fazer desenhos interessantes… fiquei muito orgulhoso em saber que a Roca Brasil vai estender esse produto para todo o seu mercado. Além do que, gosto muito de participar da execução de qualquer obra, seja arquitetônica ou uma pequena peça, porque eu respeito muito os velhos mestres. E a Roca Brasil tem muitos mestres trabalhando com cuidado e carinho cada peça.